segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Seitas e Sociedades Secretas, Quem é Quem?


Primeiro gostaria de fazer a seguinte separação, separação entre
seita e sociedade, uma sociedade é uma sociedade, um grupo grande ou pequeno de indivíduos que juntos tem semelhanças ou objetivos em comum, exemplo disso são os clubes, organizações, empresas e cidades inteiras são sociedades, pois elas tem objetivos, semelhanças entre seus indivíduos.
Já uma seita é diferente, uma seita tem geralmente cunho religioso, filosófico ou místico, na seita, você precisa ser aceito para entrar em seu conjunto, na seita são criados objetivos e executados planos que podem não estar indo no mesmo sentido que a sociedade ou podem afetar a sociedade. 
Muitas seitas são religiosas, uma seita se separa dos demais, uma seita se isola e é seletiva na entrada de novos membros, uma seita tem praticas e rituais que podem parecer estranhos aos olhos externos, um bom exemplo para você entender o que é uma seita, vamos pegar o cristianismo como exemplo.

Tem o cristianismo que é praticado pelos seguidores de Jesus, daí foi criada uma religião para oficializar o cristianismo, ate aquele momento o cristianismo era dividido em centenas de seitas pequenas, daí a igreja católica criou vários grupos pequenos as ordens cristãs ao longo dos seculos, elas se dividem dos demais e se excluem para praticar rituais que não são comuns para os de fora, temos os jesuítas e a Opus Dei e varias outras, daí veio um homem chamado Martim Lutero que criou um movimento de reforma, para reformar a igreja  e o cristianismo, em protesto aos dogmas errados da igreja e aos “podres da igreja” e olha que a igreja já era corrupta no século XV (século “15”).
Hoje em dia todos os cristãos que não são católicos são chamados de protestantes ou no genérico “crente” ou “evangélico”.
Hoje em dia a igreja católica chama todas as igrejas evangélicas de seitas, mas elas não são seitas, pois elas não estão ligadas a igreja católica, as igrejas evangélicas seriam facções do cristianismo deixado por Jesus, porem se um pastor criar uma igreja e digamos que ela tenha umas mil pessoas e um grupo de digamos 40 pessoas decida fazer um grupo menor de encontros em que os temas são mantidos em segredo esse pequeno grupo pode ser considerado uma seita.    

Temos a questão do segredo, quanto mais uma organização se torna fechada, mantém ocultos seus acontecimentos mais ela se torna
secreta, você ate pode conhecer os membros de um grupo saber onde fica a cede para os encontros do grupo, mas você não sabe o que acontece lá dentro e ninguém vai te dizer.
Muitas vezes os próprios membros das seitas não sabem o que acontece dentro delas mesmas, pegamos o caso do grupo de 40 religiosos que se separaram dos demais.
Daí digamos que 5 pessoas formaram esse grupo, essas 5 pessoas chegaram lá antes dos outros membros, esses 5 formaram as regras, os costumes do grupo, esses 5 vão mandar no grupo e se esses 5 decidirem mudar uma regra uma característica do grupo não importa quantos membros do grupo não gostem, porque esses 5 sempre vão mandar, sempre vão estar com a razão.

Isso mostra que ate dentro de uma seita pode haver círculos internos e externos que tem mais poder e mais influencia do que os outros, isso acontece dentro das igrejas, famílias, clubes, sociedades secretas em todos os lugares e é muito difícil escapar disso, a melhor forma de escapar dessas “coisas” é não fazer parte de nenhuma seita por mais interessante que ela pareça. 


Por: Marcus Vinicius Góes Soares

Curta Minha Pagina no Facebook: 
https://www.facebook.com/pages/Tenho-Orgulho-de-ser-Wiccan/346069532092411