quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Algumas Experiencias com a Deusa Hécate

Vou falar algumas palavras sobre a Deusa grega Hécate, esta que é vista de tantas formas diferentes e teve uma divulgação notável nos últimos meses, coicidência é que em Março desse ano eu lancei de graça na Internet o livro de fantasia sombria (horror leve) 
Um livrinho de quase 90 paginas, em que a Deusa Hécate aparece varias vezes contracenando com o personagem principal Luph (Lupercio).
Nesse pequeno artigo eu iria escrever sobre a Deusa Hécate com suas informações tipo “ficha de cadastro”, mas não sou papagaio para repetir o que esta escrito em um monte de sites. Então decidi escrever sobre a minha experiência pessoal com ela.


Primeiro Contato:

Nunca tinha dado muita “bola” para Hécate, ela era uma Deusa pouquíssima Conhecida, a pouco material sobre ela, a primeira vez que eu ouvi falar nela foi no filme “Da Magia a Sedução”.
Meu Primeiro contato magico com Hécate foi em 2012, quando pedi a ela que afastasse da minha vida uma inquilina chata que estava me perturbando (ela era evangélica e gritava desafinada suas musicas insuportáveis), a Deusa atendeu o meu pedido e em pouco tempo essa moça desapareceu da minha vida.
Decidi pedir ajuda de Hécate, sinceramente, não tenho certeza, talvez seja a associação de Hécate ser uma Deusa que aparecia em encruzilhadas e orientava os viajantes, "viajantes", pessoa indo em bora, mais ou menos nessa linha de raciocínio.


Escrevendo com a Deusa:  

Depois desse acontecimento, sempre tive vontade de honrar Hécate em uma historia, tentei uma vez, mas nunca “foi para frente”, a historia era muito chata, depois eu uni um desejo antigo que tinha dês do colegial de narrar uma viagem ao Sub Mundo, devido ao livro medieval “A Divina Comedia” de Dante Alighieri, que nara a visão crista do inferno.
O curioso é que eu nunca li esse livro, Não acredito que a historia do “Aprendiz” terá uma continuação, mas é possível que eu aproveite esse personagem e com certeza Hécate aparecera no futuro das minhas historias, sim, mais livros virão, eu estava trabalhando em 3 deles nos últimos tempos, cada um indo por uma linha diferente, aventura, fantasia e magia, mistério e horror.


Um Recado:

Aqueles que querem se conectar com a Deusa Hécate, ou simples
mente pedir um favor, se lembre da regra: “é preciso dar para receber”.
Venho rezando todas as noites para Hécate, fiz oferendas para ela, rituais em sua homenagem, mesmo assim ela me pede mais.
A Deusa é mais sabia do que nós, ela nós da aquilo que precisamos ter, e nós atente quando merecemos ser atendidos, as coisas acontecem na hora certa e do jeito certo, a Deusa, não nos ignora, não nos abandona, precisamos ter fé nos momentos difíceis e amar sempre para que os “milagres” mesmo que pequenos aconteçam.
Alguns celebram o dia 13 de Agosto como sendo um dia para a Deusa Hécate, outros a celebram em todas as luas novas, mas por que não homenagear ela em todas as noites?

É Claro que muita coisa eu deixei de contar aqui, experiencias, acontecimentos e projetos futuros, mas o mistério faz parte da magia.


Por: Marcus Vinicius Góes Soares