segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Comentando sobre a Questão dos Muçulmanos e os Refugiados

Divisão Territorial:
“A Terra é a nossa Mãe, nossa casa, todos deveriam dividi-la
igualmente e também dividir seus recursos e territórios, todos deveriam ter o direito de ir e vir, sem se importar com essa ideia ultrapassada de países”.

Esse é um pensamento bonito, mas Utópico, Utopia significa algo perfeito que provavelmente não aconteceria no mundo real, ou pelo menos levaria séculos ou milênios para acontecer.
Vamos falar serio, a quantidade de água, comida, terra fértil, empregos e etc são limitados, é claro que os grandes problemas da humanidade é a desigualdade, o desperdício e a péssima divisão de recursos, mas como escrevi acima vai demorar um pouco para a humanidade resolver esses problemas.

Refugiados de Guerra:
Agora entramos em outra questão, estou escrevendo esse artigo no dia 16/11/2015, poucos dias após os atentados terroristas de Paris em que mais de 140 pessoas morreram, atualmente o mundo esta em estado de pré guerra mundial, todos estão tensos e com medo. Resumindo a historia, o Estado Islâmico e o
fundamentalismo radical dos muçulmanos nos países do Oriente Médio, esta gerando varias ondas formadas por milhares de pessoas que querem fugir da guerra, serem felizes em um lugar mais calmo e tranqüilo.
Também a muitos refugiados vindos de regiões extremamente pobres e sofridas da Africa. 
MAS...   Sempre tem um “mas”! No meio das pessoas em geral traumatizadas pela guerra, tem alguns poucos possíveis terroristas, é claro que a grande maioria da população muçulmanos odeia terrorista quase tanto quanto nós (afinal de contas alguns deles estão fugindo desses mesmos grupos). 
Mas sempre tem aqueles poucos simpatizantes de grupos terroristas como o ISIS ou Estado Islâmico, alem de soldados extremistas muçulmanos infiltrados entre o povo comum, esses jamais vão mudar de religião ou de costumes e aceitar nossa cultura ou pelo menos tolerar as diferenças.  
Isso sem falar que por tradição historia os muçulmanos de uma forma geral são bem mais machistas e preconceituosos do que pessoas de religiões do ocidente. Tem gente que acha que não existem extremistas e radicais entre os refugiados, ou essas pessoas são burras ou só ingênuas em excesso.
Não me importo com a religião dos outros, não ligo se as pessoas são cristãos, ateus ou muçulmanos e etc, só não quero ser queimado na fogueira da inquisição cristã, ou explodido por um terrorista (se bem que depois desse texto...).
Se já é difícil convencer a sociedade moderna e liberal a dar direitos iguais aos homossexuais, imagine o quão difícil é fazer esses extremistas muçulmanos respeitar e tolerar as pessoas diferentes deles. Imagine questões mais polemicas como aborto, e legalização das drogas.
Em países de maioria muçulmana, é comum vermos mulheres sendo apedrejadas até a morte por motivos idiotas, imagine se ela fosse uma bruxa, uma neo pagã, homossexuais também são condenados a morte, ateus também não costumam se dar bem nesses países. 
O meu medo não é absurdo, ele é bem real, ele é honesto, sou o tipo de pessoa que não fica parada no meio da estrada vendo o carro chegar para me atropelar, sou o tipo de pessoa que sai da frente do carro ou faço ele parar, porem esse carro vindo em nossa direção, não sou capaz de parar sozinho.
Sou a favor dos países das Américas e da Europa acolher os refugiados de guerra, se eu vivesse em um país em guerra eu iria querer fugir dele, mas antes de aceitar os que chegam, é necessário que aja um controle, para saber quem entra, quem ficara, e quais são seus antecedentes. Porem NÃO a como saber quem é refugiado e quem é simpatizante de grupo terrorista, ou soldado terrorista infiltrado, é necessário o minimo de vigilância e controle.
INFELIZMENTE vivemos em um mundo em que a qualquer momento, seu vizinho pacifico que nunca fez mal a ninguém, pode pegar uma arma, invadir um lugar e matar um monte de gente.

Não estou sendo exagerado, estou sendo realista, e olha que na frase acima não disse qual era a religião da pessoa, até porque alguns fundamentalistas de outras religiões já fizeram atentados terroristas ou pegaram em armas e mataram um monte de gente, mas acredito que atentados terroristas realizados por muçulmanos não vão parar e logo outros países vão começar a ser afetados e mais inocentes vão ser mortos. Não acho que todos os muçulmanos sejam terroristas, assim como não acho que todos os crentes sejam homofônicos e preconceituosos, no entanto, essa gente não se esforça para mudar sua imagem.

Como diz o pensamento filosófico: 
Já vi o melhor da humanidade, já vi o pior, mas sempre me
surpreendo com a capacidade da humanidade para os dois extremos.
O que acontece no mundo é a Lei Universal do Retorno (leia mais aqui) em ação, aqui se faz e aqui se paga, o ocidente invade o oriente médio e mata muçulmanos, eles retribuem nos atacando quando menos esperamos, como diz um pensamento popular no Brasil "o bandido te vê, mas você não vê o bandido", quem dera se nós os bombardeássemos com remédios e alimentos.
Interessante pensar que esse ataque em Paris aconteceu no final da Sexta Feira 13 de Novembro.


Leia sobre Tragedia Ambiental em Minas Gerais Clicando Aqui.