segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Comentando a Tragedia Ambiental em Minas Gerais

Resumindo:
Mariana cidade típica do interior de Minas Gerais, de 319 anos,
com a população de quase 60 mil habitantes, sofreu a maior tragédia de sua historia, bem próximo de seu distrito chamado Bento Rodrigues, uma barragem construída em local elevado do reto da cidade, pertencente a Empresa mineradora privada SAMARCO (que tem dois donos, a VALE outra empresa privada e BHP Billiton a maior mineradora do mundo).
Essa barragem tinha mais de 60 milhões de metros cúbicos de lama produzida de detritos minerais da SAMARCO, no dia 5 de Novembro de 2015 a barragem rompeu e ondas de lama que chegavam a ter dois metros de altura devastaram o distrito de Bento Rodrigues e áreas da cidade de Mariana.
A barragem rompeu por negligencia da SAMARCO e o governo corrompido por “doações” fez vista grossa e não fiscalizou direito.
Os detritos minerais em forma de lama atingiram o “Rio Doce” e contaminar as águas, que possivelmente fará o Rio Doce secar, ou no mínimo, vai deixar a água poluída por anos, imprópria ao consumo.
A quem diga que os detritos vão chegar aos lençóis freáticos (águas subterrâneas) e as contaminar-las, basicamente a lama vai destruir as Florestas e animais em um raio de dez quilômetros ou mais, alem do Rio Doce que corre o serio risco de secar.
Dezenas de pessoas morreram, muitas outras estão desaparecidas, milhares estão sem casa, pois elas foram destruídas.
Enquanto alguns comerciantes das redondezas aproveitaram e aumentaram o preço da água mineral.  

PS: Samarco se escreve em letras minusculas, mas aqui faço questão de usar SAMARCO, para que os leitores não se esqueçam do nome dessa empresa que causou uma destruição imensa a Minas Gerais. 


Comentando:
Eu demorei para escrever um comentário sobre uma das maiores
tragédias ecológicas do mundo, pois queria ter mais informações sobre o assunto, no começo eu achei que a noticia feita em tom cômico e desrespeitoso "Onda de Lama Destrói Cidade" era brincadeira, pois é algo tão absurdo e irreal. 
Mas infelizmente vivemos em um mundo em que nossos pesadelos se tornam reais, a mídia brasileira não se importou muito com essa tragedia, a sociedade também não, a impressão que eu tive é que essa noticia só ganhou divulgação graças aos atentados de Paris, que fez o povo brasileiro começar a comparar as duas tragédias para ver qual era a mais importante, isso é ridículo as duas são igualmente ruins.

Se essa mesma tragédia tivesse acontecido no meio do mato onde
não mora ninguém, mal ficaríamos sabendo do acontecido.
Diferente das grandes religiões e da sociedade como um todo, são poucas pessoas que se importam com a Mãe Natureza, no geral quem se importa ou são ambientalistas, pessoas ligadas a causas ecológicas e pessoas de religiões alternativas com o foco nos ciclos da natureza como o Paganismo e a Wicca.

Fico feliz que o povo brasileiro esta se importando com o que aconteceu em Minas Gerais, nem que seja compartilhando informações sobre o assunto no Facebook ou mandando energias positivas para essas pessoas.
Estou rezando e mandando todas as minhas energias positivas para as famílias de Mariana, não importa qual seja a religião dessas pessoas, espero que elas fiquem bem. 

Como Bruxo, o que vê nesse desastre ambiental?
Você pode chamar de desastre ambiental, eu prefiro ser realista e
chamar de crime ecológico, provavelmente nada de muito grande vai ser feito com a SAMARCO e a Vale, possivelmente vai ser aplicado uma multa de alguns milhões, para o prejuízo irreversível a Mãe Natureza, isso não é nada.
Nós vemos a natureza como estando viva, como tendo uma alma, todos os seres vivos tem alma, as plantas das florestas destruídas pela lama, os animais com sentimentos que morreram horrivelmente, sem falar dos peixes no Rio Doce.
Acreditamos que até mesmo o Rio Doce tem um espírito, os rios e lagos estão vivos, só que uma vida diferente da nossa, tudo tem um espírito, agora por causa dessa tragédia o Rio Doce esta morto.


Alguns amigos estão falando que essa tragédia foi influenciada por espíritos malignos que odeiam a natureza, outros dizem que foi influenciada por elementais (espíritos que vivem nos elementos) vingativos que queriam causar destruição.
Eu não acredito em nenhuma dessas duas teorias, acredito que isso foi causada pela negligencia do homem em seu eterno desejo de se dar bem, sem se importar com a natureza e quem vive nela, pois para a grande maioria das pessoas, nada alem delas tem alma, aliais, tem gente que nem acredita que o espírito exista.
O espirito dos mortos dessa tragedia, estão vivos em um lugar melhor, seja lá qual nome você queira dar para esse lugar.  

  
Por: Marcus Vinicius Goes Soares