domingo, 24 de setembro de 2017

Vamos Falar Sobre Dinheiro e Dizimo



Se Você faz parte de um Coven é obvio que você tem que contribuir com algo, não é justo uma pessoa arcar com tudo sozinho (a), mas você não tem que dar 10% do seu Salário para o líder do Coven, repito o dízimo não existe na Wicca.
Hoje em dia nas Igrejas Evangélicas o dízimo e outros produtos que vendem dentro das igrejas só servem para enriquecer os Pastores,e pelo que vejo alguns bruxos querem seguir o mesmo caminho de vaidade e lucro ao invés de espiritualidade.


Se Você vai faz um curso, assistir uma palestra ou se consultar com um Tarólogo, Terapeuta Holístico, Consultor Espiritual, Pai de Santo, obviamente você terá que pagar por isso, e é justo que a pessoa receba por seu trabalho.

Mas tome Muito Cuidado com Aproveitadores uma coisa é abrir uma loja e vender seus artigos esotéricos ou vender seus produtos na internet, mas repito Coven não é loja. 
Religião é algo sagrado e intimo e não deve ser comercializada como se fosse um produto qualquer.
O que vejo muito hoje em dia algumas pessoas fazendo em especial certos lideres de Coven é tratar os membros de seu grupo como se fossem seus clientes, e seu coven como seu território, tratam outros bruxos como sendo seus competidores. 
Esse é um dos motivos da comunidade Mistica Brasileira estar desunida, não existe União na Wicca, pelo mesmo motivo de não existir união entre lojas competidoras. 


Por: Marcus Vinicius Góes Soares