quinta-feira, 30 de maio de 2019

Como Revelar que é um Bruxo - Como Sair do Armário



Você não tem necessidade de gritar aos quatro ventos que virou bruxa, wiccan, pagão ou mago, ou qualquer coisa que seja. Antes de fazer isso sugiro que leia dicas de como os gays saem do armário, pois a situação é bem parecida.
Não tem pressa nenhuma para você contar para os outros o que você anda fazendo ou estudando, espere, tenha certeza do que quer espiritualmente, estude bastante e pratique também. 
Um bom conselho é não ficar atacando ou criticando a religião dos outros, todas as religiões merecem respeito, não existe isso de “religião mais verdadeira”, a religião correta é a que te faz se sentir bem.
A fora como eu contei que era um bruxo para a minha família foi explicando aos poucos sobre a magia e a Wicca e de fato os levando para fazerem parte de um ou outro ritual.
Nós vivemos em uma sociedade de grande maioria cristã, todos esperam que você seja cristão, católico ou neopentecostal no popular “evangélico” e muitos pagãos e místicos dizem que “eu não tenho religião, mas acredito em Deus” e outros pagãos chegam a mentir e dizer que são espiritas ou budistas ou umbandistas.

Alguns membros da comunidade mística dizem coisas como “eu tenho uma espiritualidade livre, eu acredito em tudo que me faça me sentir bem”.



A melhor forma de contar sobre sua religião ou espiritualidade é mudando, mude tanto ao ponto das pessoas terem que te conhecer novamente.
Como escrevi, todos mudamos, o objetivo da Wicca é melhorar a pessoa, não apenas fisicamente ou materialmente, o objetivo da Wicca é mudar as pessoas espiritualmente e mentalmente.
Seja mais caridoso, mais prestativo, ajude mais sua família, amigos, colegas, não precisa virar um “santo”, apenas seja melhor do que você já é, e quando alguém disser “nossa você mudou, o que aconteceu?”, fale sobre sua nova espiritualidade.
Se importe mais com a natureza, não jogue lixo no chão das ruas, não corte arvores, plante arvores, cuide dos animais se possível adote um animal de rua, não desperdice energia, agua ou comida.


Por: Marcus Soares 

domingo, 26 de maio de 2019

Cuidados que os Bruxos Precisam Ter



Antes de ir para um ritual de qualquer tipo e com qualquer pessoa ou coven, avise alguém de confiança de preferencia da sua família aonde você vai, de o endereço do local, telefone do local ou pessoa, nome verdadeiro do bruxo/mago/sacerdotisa/pai de santo, e avise que horas você vai voltar. Não vá para um lugar estranho com pessoas que você não conhece e não confia.
Tome muito cuidado! Não confie em qualquer um, tem muita gente que só quer o seu dinheiro, ou pessoas que vão te abusar sexualmente.
Tem alguns covens que realizam rituais “vestidos de céu” (pelados) para demonstrar sua liberdade, pureza de intenções e confiança uns nos outros. Você tem o direito de recusar a tirar suas roupas para fazer um ritual e o sacerdote tem o direito de não permitir que você apenas assista sem participar, e se você não tiver sido avisado da nudez ritual, tem todo o direito de ir embora se desejar.
Alguns bruxos e magos realizam magia sexual, não faça sexo com qualquer um com a desculpa de que esta “fazendo magia”, não transe com um desconhecido, não transe com alguém que não confia, não permita ser exposto (a) enfrente a câmeras ou a outras pessoas, e se transar com alguém use preservativos.

Tem pessoas que não cobram por nada que fazem. Porem os Bruxos e Magos tem o direito de cobrar por seus trabalhos mágicos, cursos, consultas oraculares ou o “ingresso” para participar de um ritual ou celebração, o preço pode variar. Tome cuidado com pessoas que pedem mais dinheiro além do combinado. 
Alguns bruxos bebem chás com ervas com propriedades alucinógenas, ou usam maconha, você tem o direito de recusar, antes de comer ou beber qualquer coisa pergunte para que serve e se terá algum efeito.
Não conte seus segredos, não conte seus planos, o que as pessoas não sabem não podem atrapalhar.
Não empreste seus livros para qualquer um, só empreste seus livros para quem você confia. 
Seus objetos mágicos são sagrados, não permita que outros fiquem mexendo neles e nunca os empreste.
Não arrume brigas com os outros, você não vai ganhar nada com isso.
Você não é obrigado a fazer nada que não se sinta confortável em fazer, principalmente se a pessoa usar a desculpa “precisa fazer isso para ser um bruxo de verdade”.
Por: Marcus Soares  

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Explicando a Wicca


A Wicca é uma nova religião que trás para a vida moderna algumas crenças e práticas do paganismo antigo, tais como; rituais na natureza e dentro de círculos, rituais envolta de fogueiras, culto à Deuses antigos, uso de ervas e símbolos, crenças em seres sobrenaturais.Nós somos uma vertente da Bruxaria Moderna, porém, nem todo bruxo é wiccan, porem todo wiccan é um bruxo moderno. 

A Wicca possui centenas de vertentes diferentes, com crenças e práticas diferentes, algumas discordam em muitos pontos e concordam em outros pontos, e certas vertentes da própria Wicca parecem com religiões diferentes entre si, venerando Deuses de culturas diferentes.
A Wicca não tem obrigação de resgatar todas as crenças e praticas do paganismo antigo até porque algumas crenças e praticas de povos diferentes podem ser contraditórias.
O wiccan acredita e faz aquilo que ele sente que deve fazer, ele é livre de corpo e mente, pois a Wicca é a Religião do Amor e Liberdade, Amor pela Natureza e pelos Deuses, e Liberdade de escolhas.
A Wicca é uma religião e possui uma filosofia de vida e um estilo de magia, ela é completa como uma religião.
Muitos praticantes sentem um vazio interior tão grande que buscam por coisas diferentes em lugares diferentes, pois não se sentem completos e realizados.
Isso que eu escrevi é uma auto critica, pois muitas vezes eu fiz isso.
Wicca significa moldar, pois o wiccan molda as crenças e as praticas como ele se sente bem fazendo, um wiccan tem que ser capaz de fazer magia ou um ritual com um grande altar cheio de instrumentos ou pelado no meio da selva sem nada para ajuda-lo.
A Wicca não é uma religião perfeita, nenhuma religião é perfeita, nenhum lugar possui todas as respostas, faz parte da jornada do wiccan buscar as respostas onde ele sentir que deve. Os instintos devem guiar o wiccan.

Por: Marcus Vinicius Goes Soares

A Depressão e a Wicca


Antes de tudo; quem esta com depressão seja “leve” ou mais “profunda” deve procurar um psicólogo ou psiquiatra e ter algum tipo de tratamento, seja com terapias tradicionais,  alternativas ou remédios. Busque ajuda de um profissional de verdade, bruxo, pai de santo, pastor, padre não são profissionais.
Eu já estive em depressão, me sinto bem melhor agora, minha vida esta mudando e vai continuar mudando muito.
A depressão surte efeitos diferentes nas pessoas, ela não é só tristeza, também é se sentir vazio, sem esperanças, sem animo, sem perspectivas, a depressão pode agravar outras questões psicológicas como a ansiedade e tendência ao suicídio e vícios de todos os tipos.
Mas como a Wicca me ajudou a combater a Depressão?
A Wicca não é só o materialismo de conseguir coisas com a magia, a Wicca é muito mais espiritualidade, fazer feitiços para conseguir coisas é um detalhe, a Wicca é buscar equilíbrio com as energias da natureza e se conectar com o divino.
Nos rituais da Wicca eu sinto a presença divina, sinto que estou sendo ouvido, sinto que estou sendo ajudado, esse sensação de não estar sozinho, de estar fazendo uma coisa boa e correta é muito poderosa.
A Wicca me deu uma base solida para as minhas crenças e praticas, e me fez perceber que eu tenho uma boa vida e que ainda melhorará muito, e confiança que o meu futuro é maravilhoso.
A Wicca preencheu o meu vazio e me deu animo e melhor do que só esperança, me deu confiança que existe algo mais na vida.
Lembrando que nenhuma divindade é o seu empregado, tem muitos religiosos que buscam a Deus como se ele fosse obrigado a ajuda-los.
Meu grande conselho para quem esta em depressão é buscar preencher o vazio, ter confiança em si mesmo e que tudo melhorará.  
Algumas observações; Eu não uso drogas, não fico chapado nos meus rituais, e não tomo nenhum remédio, e nem bebo álcool.  
E a Wicca não é a única religião verdadeira, existem muitas verdades diferentes no mundo que se encaixam melhor com pessoas diferentes.

Por: Marcus Vinicius Góes Soares 


quarta-feira, 8 de maio de 2019

Introdução a Bruxaria Tradicional


Antes de qualquer coisa, não existe um padrão na Bruxaria Tradicional (BT), ela varia muito de país para país, e até mesmo na mesma região haviam famílias que tinham praticas e crenças diferentes, a Bruxaria passada entre os membros da mesma família é chamada de Bruxaria Hereditária.

Como a caça as bruxas era muito presente, as BTs se focavam mais em guardar segredos, só revelavam suas praticas a pessoas que confiavam muito, e ensinavam aos poucos para que caso a pessoa o traísse não teria muita informação, muito era tradição oral sendo que a maioria da população era analfabeta.  

Algumas BTs em certos momentos usavam mascaras rituais, outras capuzes cobrindo suas cabeças, muitas exigiam vários juramentos de lealdade, e até troca de segredos em troca de mais informações.
De modo geral a BT é mais simples e menos ritualística que a Wicca que mistura vários elementos, alguns vindos da magia cerimonial. 
O sistema de chamar os guardiões dos quadrantes vem da magia cerimonial, as BTs as vezes chamavam por espíritos da natureza e outras vezes não, algumas vezes elas rezavam para santos e algumas não o faziam, a BT usava muito a energia da Lua sem se importar com o significado do dia da semana.
Sendo menos ritualística não havia tanto o uso de instrumentos, 
apenas o básico, nem a necessidade de montar grandes altares, os feitiços eram mais simples e usavam coisas como cordas, ervas, flores, frutas, penas, pelo, fogueiras, danças e cantos, sangue menstrual, pelo de animais, e até mesmo o sacrifício de animais.

Os instrumentos mais usados na BT eram coisas simples que todos tinham, um punhal para os sacrifícios, colher de pau, vassoura, caldeirão, velas comuns sem se importar com as cores delas que é um elemento da magia moderna, as vezes era usado um cajado que a bruxa usava para se apoiar, algumas BTs usavam um cálice para beber vinho ou seus chás com ervas que influenciavam sua mente e causavam visões. A BT tinha certeza que o entoar do seu feitiço sobe a Lua Cheia envolta da sua fogueira iria surtir efeito, ela confiava no poder que tinha.

Por: Marcus Soares



domingo, 5 de maio de 2019

Ritual para Absorver o poder de Lilith


Momento: Lua Cheia ou Lua Nova

Material: Um Cálice com Vinho + 1 Vela Vermelha + Incenso (do seu gosto).

Observação: Eu criei esse ritual e ele é muito eficaz. Você pode fazer esse ritual simples podendo ser homem ou mulher, não precisa ser iniciado, mas é bom traçar o circulo envolta para te proteger ou no mínimo jogar sal no chão para purificar o local, fique nu ou usando roupas vermelhas ou negras, também tome um banho de purificação antes do ritual e coloque o cálice e a vela em seu altar. O cálice pode ser uma simples taça.

O Ritual: Escreva grifando na vela vermelha o nome LILITH na vertical a segurando mentalize a Lilith em sua mente e fale:
“Lilith, Lilith, Lilith. Ouça o meu chamado, venha a mim, venha a esse local. Lilith eu te agradeço por estar aqui comigo.“

Depois a acenda a vela e ainda a segurando fale:
“Lilith, eu humildemente te ofereço essa vela vermelha, aceite essa oferenda feita de bom grado para o seu agrado.”

Se você sentir que deve, faça outras oferendas nesse momento. Faça oferendas como flores vermelhas, maças, frutas vermelhas, mais velas vermelhas outro cálice de vinho além do que você ira usar. Acenda o incenso na vela e fale:
“Lilith, a primeira grande mulher, Lilith, a sedutora, Lilith, a poderosa feiticeira, Lilith, senhora da noite, Lilith, eu sinto o seu poder, Lilith, eu honro o seu nome, Lilith.”

Levanta o cálice com vinho e fale mentalizando a Lilith:
“Esse é o ventre de Lilith, esse é o sangue de Lilith, o sangue de Lilith carrega a sua força vital, o poder de Lilith esta aqui e agora.”
Beba todo o vinho.

O cálice representa a vagina o ventre capaz de gerar vida, o vinho representa o sangue menstrual, você poderia substituir o vinho por algum suco vermelho como o de morango, goiaba, mas o vinho tem muito peso histórico e simbólico de ser usado em cerimonias.
Depois de beber o vinho você pode fazer alguma outra magia para outro fim, você pode ler cartas ou usar algum outro oraculo nesse momento.
Quando você tiver terminado o ritual agradeça a presença de Lilith falando:
“Lilith, eu te agradeço por sua presença, por sua ajuda e por seu poder, Lilith já pode ir embora, pois esse ritual terminou. Obrigado!”

Por: Marcus Soares

quinta-feira, 2 de maio de 2019

O que os Mestres não te Contaram sobre trabalhar com os Deuses


Antes de qualquer coisa; Você é livre. Você tem o direito de venerar qualquer divindade masculina ou feminina de qualquer panteão, e tem o direito de fazer magia com qualquer entidade seja elemental, anjo, santo ou orixá, ou com egregoras como a dos ciganos, cavaleiros e dragões.



Mas saiba que certas energias de divindades ou egregoras não combinam com outras, uma divindade pode atrapalhar a outra, por uma simples questão energética. 
Antes de fazer um ritual com mais de um ser espiritual, analise se elas combinam. Tem pessoas que não trabalham com mais de um panteão ou egregora ao mesmo tempo. Nada prospera na bagunça.
“Para que eu uso essa divindade?”, “Para que ela serve?”, “Qual a finalidade dessa divindade?”. Não fiquem com essa mentalidade de usar, de se aproveitar, de manipular, pois as Divindades NÃO são obrigadas a nada, nenhum espirito é obrigado a te ajudar só por que você fez oferendas, acendeu velas ou rezou para elas.
Durante o ritual o espirito de qualquer tipo vai sentir a sua energia e vai perceber que você só esta querendo usar ele e descartar depois.

Tem pessoas que fizeram rituais, despachos, trabalhos de magia com a finalidade apenas de usar um ser (entidade), e NADA aconteceu, ou não aconteceu como as pessoas queriam, então as pessoas saem falando “trabalhar com *** não funciona” ou fala “Magia não existe”, ou mesmo “é tudo perca de tempo”.

Se você vai trabalhar com uma divindade faça isso por que você a admira, ou achou interessante, ou sentiu uma ligação com a divindade, não trabalhe com uma divindade só porque esta na moda.

Na Wicca nós aprendemos: “Perfeito amor e confiança perfeita”: Ame e confie!
Ultimo aviso: Os servidores da magia do caos NÃO são Deuses, eles não fazem milagres, eles não são seres extremamente poderosos, os servidores apenas ajudam, tem pessoas que trabalharam com os servidores e disseram “não adiantou”, talvez as pessoas deram pouca energia para os servidores, talvez.

Por: Marcus Soares