domingo, 19 de dezembro de 2010

RETROSPECTIVA

Muito do que eu fiz, eu não me orgulho, pois nem o maior dos reis tem somente vitórias em sua biografia, mas eu garanto que eu aprendo com os erros, não fiquei paranóico só mais desconfiado, o que fez com que eu aprendesse a ter mais discernimento e sabedoria para reconhecer quem é quem nesse mundo, todos nós temos trevas dentro de nós que querem sair e elas sempre saem ao longo do dia, quem estiver lendo isso não tente se enganar.
Sua fúria vai sair de dentro de você uma hora ou outra, seja em um olhar de malicia, ou em um gesto ofensivo, ou uma risada maldosa, mas o que esta dentro de você sempre vai sair, seja, bom ou ruim, o que você deve saber é quando deve deixar essa raiva interior sair, não vale a pena guardar tudo para si e ter um câncer, e não vale a pena arranjar confusão com outras pessoas por pouca coisa, por mais que essas poucas coisas pareçam imensas.

Eu perdi amigos, na verdade eles não eram meus amigos, pois amigos de verdade nunca se vão, apenas ficam temporariamente desaparecidos, você também deve ter perdido amigos, mas não se desespere “antes so do que mal acompanhado” a cada pessoa que eu nunca mais vi ou nunca mais ouvi falar, eu comemorava, pois sabia que tinha menos um para me incomodar, faça o mesmo, não se abale, não se preocupe e não se importe, seja feliz e tudo ficara muito melhor.


De: Marcus Vinicius Góes Soares