quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Critica aos Bruxos

·        
 
Eu sou bruxo e amo a natureza!
Vamos no campo fazer um piquenique?
Tá, mas deixe me pegar minha toalha para colocar no chão, eu não vou me sentar na terra, eu vou passar meu protetor, não quero me bronzear, a também vou pegar o meu chapéu e meu guarda sol, porque eu não quero sentir os raios do sol, a também vou passar meu repelente, porque tenho nojo desses bichos, a também vou pegar água mineral, sabe quando vou beber água de rio?
A também vou fazer uns lanchinhos naturais, em um pão bem fofinho com fermento e farinha, que só Deus sabe a quantia de química que foi usada nele, e para rechear o pão vou usar o que, adivinha, alface e tomate, não, vou colocar bastante carne, maionese, queijo, ta, só pra não dizer que não é saudável vou colocar alface, mas vou usar na salada aqueles molhos de supermercado, que repito, só Deus sabe a quantidade de química que tem.

Quer ir na natureza vá, mas não aja como se tivesse nojo ou medo dela, 99,99% dos bruxos nunca foi realmente na mata e quando foi ficou com frescura!

sábado, 1 de outubro de 2011

Incentivo a criação de Igrejas da religião Wicca

Muitos bruxos tem dinheiro suficiente para construir um Templo pagão ou para alugar um salão, mas não fazem isso por medo, medo de que?
Muitas lojas (igrejas) Maçônicas e templos da Rosa Cruz são abertas a visitação, tem lojas esotéricas que são pontos turísticos, existem milhares de centros espíritas, terreiros de umbanda e candomblé, lojas de produtos indianos, templos budistas, hinduístas, apresentações de xamanismo, filmes com a temática espírita e esotérica fazem sucesso.
Me digam, do que esse povo tem medo, “de jogarem pedras”, se fosse a 10, 15 anos, eu concordaria, mas hoje em dia medo não é desculpa, para abrir uma igreja é necessário fazer o registro em cartório da organização sem fins lucrativos e retirar o CNPJ, tudo gasta mais ou menos 450 reais e leva uma semana, igrejas não pagam impostos só água e luz.
 
 

sábado, 2 de abril de 2011

COMENTANDO O LIVRO: SÃO CIPRIANO CAPA PRETA

Eu li o livro São Cipriano, mas me decepcionei e muito, em primeiro lugar, conta a historia fantasiosa de um bruxo que usa capa preta e faz magia negra por dinheiro e para seus próprios interesses (um esteriótipo criado pelo cristianismo) ele faz pactos de magia negra, fala com o demônio na historia e por final se converte ao cristianismo. Se eu quisesse ler sobre fantasia leria Harry Potter.
Segundo lugar, é cheio de magias ruins e idiotas que não funcionam de verdade, e com orações cristas que não interessam em nada a bruxos de verdade. Existem outras versões desse livro, mas nenhuma vale o dinheiro nem o tempo.

Por: Marcus Vinicius Goes Soares

sexta-feira, 18 de março de 2011

ISSO TEM QUE ACABAR



Em primeiro lugar, eu gostaria de lembrar a vocês, que todas as pessoas sentem frio, sentem fome, sentem dor, choram quando estão tristes, todos temos o mesmo sangue, o mesmo DNA, a cor, a aparência é uma ilusão, o que importa é o que esta dentro, a religião as ideologias os pensamentos não são nada comparado a uma criança chorando, porque foi descriminada.


Segundo, se parece e é, tão horrível maltratar, excluir uma
pessoa diferente, porque as pessoas continuam fazendo isso, porque alguém mandou, Hitler também tinha preconceito contra todos que eram diferentes dele, isso faz dele ser um bom homem, não, ter preconceito, ódio sem nenhum motivo, com base em um livro (a bíblia), em uma citação, em uma pregação, faz com que a fonte do preconceito seja ruim, então a bíblia ou o pregador é ruim, se pregar ódio contra pessoa inocentes, sim, tanto quanto qualquer nazista.

Porque continuar maltratando as pessoas diferentes, com base em conceitos arcaicos?


De: Marcus Vinicius Goes Soares