domingo, 27 de novembro de 2016

Desabafo sobre Preconceito e Discriminação aos Pagãos

AVISO: Esse texto esta generalizando e sei que existem exceções e nem todo mundo é mal educado, ignorante e preconceituoso. 

Eu tenho uma teoria:
Dificilmente uma relação entre um Pagão (a) e uma pessoa muito
oposta duraria. Já ouviu falar em Divorcio?
Normalmente quando você se diz Wiccan ou Bruxo (a) ou membro de outra corrente pagã, as pessoas pensam que você esta brincando, pois vêm “essas coisas” como sendo bobagens.
Quando as pessoas percebem que você esta falando serio sobre ser wiccan entre outros, ou as pessoas pensam que você é louco, ou endemoniado satanista (geralmente fanáticos religiosos), ou que você é um charlatão (geralmente são os ateus que acham isso).

Existe muito ódio lá fora, e aqui dentro também, existe muito ódio em todo lugar, a diferença é que as pessoas envolvidas em espiritualidades alternativas  querem viver suas vidas em paz fazendo e acreditando naquilo que se sentem bem.
Há pessoas que tem uma energia negativa péssima, mas escondem isso bem, tem outras que emanam ódio sempre, e depois ficam se perguntando por que um monte de gente odeiam ela.

Voltando a minha teoria:
Já li vários relatos de pessoas pagãs que estavam em uma relação
com um ateu ou fanático religioso e durante brigas (todo casal briga) tiveram seus altares chutados, suas imagens quebradas, seus livros queimados, isso acontece muito dentro de famílias intolerantes.
E um lugar que é perigoso se assumir wiccan ou pagão, é o trabalho ou escola. Na escola vão achar que você esta brincando, daí os coleguinhas que já não gostavam muito de você, vão te odiar e eles nem vão se dar ao trabalho de esconder isso, se for em uma faculdade e especialmente de um curso na área de humanas com a mentalidade mais aberta é mais fácil se assumir ou “sair do armário de vassouras”.  Já no emprego, ai ó bicho pega, por que é mais provável que as pessoas vão levar a serio o que esta dizendo e de cara vão te odiar, te excluir e você vai acabar perdendo o seu emprego.
Geralmente recebemos ódio e medo, pois essas pessoas não respeitam as nossas crenças, ou não gostam mesmo, para eles magia, deuses, alma, vida após a morte e etc. não existe, é tudo bobagem, tem muita gente que acha que rezar é perca de tempo, acreditar em magia é um absurdo para muita gente. Mais especificamente para os fanáticos religiosos, não existe magia branca, tudo é magia negra e tudo é coisa do demônio.
Relações de amizade ou amor com pessoas de outras crenças ou falta delas só funcionam quando existe respeito mutuo, repito, respeito é bom e todo mundo gota.
Isso também serve para vocês leitores wiccans, viu uma crença religiosa que você não gosta ou não acredita, CALA A BOCA, fique em silencio, não precisa criticar, não precisa dar “opinião”.

A exceção disso é quando uma crença religiosa diferente te atinge, quando a pessoa de outra crença quer impor algo a você ou na sociedade, ninguém é obrigado a acreditar em nada, nem seguir nada.
Você não pode impor suas crenças a outros!
Como diz um ensinamento da Wicca: Viva e deixe viver. 
O Mundo precisa de mais respeito e mais empatia por aqueles que são diferentes. E olha que não digo nem amor ao próximo, pois sei que amar uma pessoa estranha e distante de você é difícil.

Você já sofreu preconceito por ser Wiccan?
Sim, como o meu nome é muito fácil de ser relacionado com a
Wicca, mesmo que se eu excluísse meu blog e meu perfil no facebook não seria o suficiente para desligar meu nome da Wicca, é só jogar o meu nome no Google que logo você vai ver quem sou eu, muitas pessoas não quiseram me dar um emprego por eu ser um bruxo, ninguém é obrigado a nada, mas se eu fosse católico ou evangélico eu conseguiria um emprego com mais facilidade.
Também já sofri e sofro preconceito dentro da minha própria família, tem gente que já falou na minha cara que isso tudo é “bobagem, besteira e perca de tempo”, imagino que vários outros dos meus parentes também pensam o mesmo, mas não dizem.
Imagina o que o resto do mundo pensa de pessoas como eu.

Como assumir o meu lado místico para a Família ou Emprego, Escola?
Se na quiser se assumir como pagão ou Wiccan, não precisa, você não é obrigado a nada, principalmente quando sabe que dizer certas coisas para certas pessoas vai dar problema.

Na Escola: Para você que é uma criança ou adolescente, tenha cuidado ao se assumir como “bruxo aprendiz” ou estudante de qualquer coisa.
Você deve ter calma e paciência e esperar para ter certeza que a Wicca é a religião certa para você, talvez não seja, existem muitos caminhos espirituais validos.
Em qualquer caso, se alguém perguntar no que você acredita ou qual religião segue diga: Estou experimentando e pesquisando para saber qual religião me enquadro. 

No Trabalho ou Faculdade: 
Se for um adulto aprendiz pode usar a frase acima. Mas se não quiser entrar em detalhes sem dar nomes aos bois para não causar nenhum espanto diga: Minha Espiritualidade esta voltada na terra e em suas energias.
Alguns dizem coisas como: Sou Neo Pagão (ã) e eclético (a), acredito naquilo que me faz sentir bem.

Já com a sua família ou namorado ou marido você pode explicar a sua religião com calma e respondendo a duvidas deles.

Agora se seu namorado não respeita a sua religião ou odeia ela, termine, não vale a pena ficar em um relacionamento com alguém que odeia suas crenças, eu não suportaria me relacionar com alguém que acha que eu sou um louco ou um charlatão. O mundo é grande e você com certeza vai encontrar alguém mais tolerante e respeitoso, mais adequado a você.

Por: Marcus Vinicius Goes Soares